sábado, 7 de novembro de 2009

Arma e Crack


- Hoje um menino da minha classe foi expulso e outro suspenso.- contou Cotô.
- Nossa, expulso, coitado. Por que?
- Ele tinha uma arma e estava fumando crack.
- O quê?
- É, não ouviu? Eles estavam fumando no banheiro e a fumaça disparou o alarme. A polícia chegou e levou um deles com algema.
- Você viu?
- Não, mas todo mundo sabe.

Arma e crack, combinação explosiva. Por pouco não acabou em mais um desses massacres em escolas. Claro que contei pro mundo. A gente encara morar no subúrbio em busca das melhores escolas, pra isso?
No dia seguinte recebemos um e-mail do diretor.

A arma que o moleque carregava era de brinquedo. E o tal crack que ele fumava, pelo que tudo indica, era maconha. Mas segundo a lei local, a punição é a mesma, de mentira ou real, porte de arma dá expulsão.

Corri corrigir a história. Tarde demais.

- Ih, menina, já passei adiante que o menino fumava crack, enquanto
atirava para o alto e engravidava uma colega de turma.- brincou uma amiga.
- Eu ja contei pra todo mundo- emendou a outra- que o menino era loirinho, que o pai era rico, e o crack, e o revolver. No final era maconha, arma de brinquedo, hispânico....acabou com o lead!
- E eu contei que ele era da classe da La Pimenta, a sua caçula, para maior efeito
dramático.
- Uau, a história ficou melhor agora:
Menino Loiro e Rico, de apenas 10 anos, Atirava para o Alto enquanto Fumava Crack e Estuprava sua colega de classe.
- Tá virando manchete. Por isso que eu gosto de trabalhar em equipe. - brincaram.

Vou vender a matéria e vocês confirmam, ok?

12 comentários:

Maria disse...

Que susto! Imagine se fosse de verdade a arma e o craque? Combinação realmente explosiva.

Heloisa disse...

Adriana, que bom saber que vocês estão voltando.

Laura disse...

Dessa vez a arma era de brinquedo. Mas como os US permitem porte de arma,catástrofes em escolas fazem parte do painel americano. isso aí, volte, logo para o nosso Brasil!

Tati disse...

Menina, que susto hein!? Brinquedo ou não, maconha ou crack, SOCORRO! Dificil é saber que aqui não vai ser nem um pouco diferente...

Anônimo disse...

Hilário!

Adriana Abujamra disse...

Maria, foi o que pensei no começo da história,

Heloísa, logo mais estaremos por aí,

Laura, arma legalizada realmente facilita tiros pela culatra,

Tati, foi um sustão mesmo.
bj grande
Adriana

Paulo disse...

Alguém disse aí Hilário. Hilário?Não vejo graça em saber que um moleque carregava arma e fumava no banheiro. Mesmo de mentira, era uma arma.
Paulo

Anônimo disse...

Desculpe Paulo, mas há uma diferença gigante entre uma arma de mentira e uma verdadeira. Não acho justo que a punição seja a mesma.

Anônimo disse...

Dri,

E eu fiquei brava com o Ivan que foi suspenso porque brigou com um colega durante o jogo de futebol....

Adriana Abujamra disse...

Rosa, brigou, bateu, o que fez o doce Ivan? saudades. dri.

Rosangela disse...

Concordo com o Paulo. Anônimo: pelo seu raciocínio, se alguém assalta na rua com arma de brinquedo, a punição deve ser mais branda... é isso?

Anônimo disse...

Discriminação com os corinthianos?
mais foi engraçado